Arquivos

Categorias

Home » Áreas do Direito, Direito do Consumidor, Notícias

Clínicas de estética usam máquinas de bronzeamento proibidas

21 dezembro 2010 No Comment

Equipamento pode causar doenças, segundo a Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu o uso dos equipamentos de bronzeamento artificial em 2009, por causa de risco de doenças que elas podem provocar aos usuários ao longo prazo. Mesmo com a proibição, a equipe de reportagem da EPTV encontrou clínicas de ainda utilizam essas máquinas em Campinas e Valinhos.

Em uma delas, a atendente disse que cada sessão custa R$ 20 e não há risco à saúde se os usuários fizerem o bronzeamento a cada 48 horas. Em outra, a atendente disse que a máquina usada é diferente das proibidas e que o estabelecimento conseguiu uma liminar para usá-la. Nas duas clínicas, os atendentes disseram que os clientes precisam assinar um termo de responsabilidade. A dermatologista Claudia Marçal disse que o bronzeamento artificial pode causar queimaduras, rugas, flacidez e câncer de pele após alguns anos.

Estudo da Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (IARC) indicou que o uso das câmaras de bronzeamento artificial aumenta em 75% o risco de desenvolvimento de melanoma em pessoas que se submetem ao procedimento até os 35 anos de idade.

A EPTV entrou em contato com as duas clínicas. A que ofereceu o tratamento com uma cama especial, de uso médico, negou a prática, ao contrário do que foi flagrado. Na outra clínica a funcionária disse que não estava autorizada a falar e não indicou nenhum responsável para comentar o assunto.

Saiba mais AQUI.

Publicação Valéria Reani

Fonte EPTV.com

Imagem google

Comments are closed.