Arquivos

Categorias

Home » Advocacia Empresarial, Destaques

O Advogado e os novos rumos estratégicos das empresas

4 novembro 2010 No Comment

 A presença do bacharel em Direito, ADVOGADO, é cada vez maior na direção das grandes empresas, não só no jurídico. Na verdade, advogado possui uma nova formação e se tornou uma peça fundamental dentro das corporações.

Por quê?

Antes, estavam focados estritamente nos aspectos legais. Hoje, o advogado conhece os detalhes dos negócios, passou a ter visão empresarial.

Assim, além da formação jurídica, esse importante diferencial, está sendo aproveitado pelos empresários para os conselhos dos juristas a novos rumos estratégicos à empresa.

A interferência dos advogados na condução de grandes empresas é resultado de fatores culturais e da formação técnica. É preciso que o profissional não se restrinja à doutrina, às leis e à jurisprudência — isto é, deixe o tecnicismo de lado — e passe a enxergar no seu entorno um panorama mais amplo, se quiser alçar uma posição de dirigente. Se engenheiro pode chegar à presidência de uma corporação, por que advogados não?

Nos Estados Unidos a situação é bem diferente. Lá, o número de bacharéis em Direito é muito parecido com o brasileiro, no entanto, 30% das grandes empresas possuem advogados no seu corpo diretivo.

Falar e compreender sobre administração é, atualmente, matéria importante na pauta para os advogados, não só para alcançar altos cargos, mas até para que possam gerir o próprio escritório.

Vale ressaltar que existe a necessidade de os dirigentes das empresas terem mínimos conhecimentos de Direito para tomar decisões. Além do que, a presença de advogados nos conselhos administrativos também é uma boa forma de conduzir a empresa. A visão empresarial é uma. A jurídica é outra num único profissional!

Em nossa opinião uma explicação simplificada para a nova tendência, seria que o advogado entende de algo extremamente importante para a realização de negócios (dos pequenos aos grandes), e que nem sempre os dirigentes conhecem ou estão bem assessorados.

Um dos grandes desafios atuais nas empresas que têm departamentos jurídicos (e advogados) reside exatamente no departamento jurídico mostrar o seu valor estratégico para a empresa.

É comum, atualmente, o advogado responsável pelo departamento jurídico ocupar um assento na diretoria. Daí para a cadeira principal, considerando a importância estratégica do Direito, talvez seja só um pulo.

Considero que o Direito está diretamente relacionado aos negócios. Afinal, para que serve Direito Empresarial, Tributário, Societários, entre outros ramos do Direito?

Publicação Valéria Reani.
Imagem pesquisa google.

Comments are closed.