Arquivos

Categorias

Home » Destaques, Notícias

Vendas pela internet movimentam R$ 10,6 bi em 2009 e crescem 30%

16 março 2010 No Comment

CONSUMIDOR

Vendas pela Internet movimentam R $ 10,6 bi em 2009 e crescem 30%

As compras feitas pela internet no ano passado totalizaram R $ 10,6 bilhões, com alta de 30% sem confronto com 2008, de acordo com pesquisa da consultoria de comércio eletrônico “E-bit.” Os números DIVULGADOS nesta terça-feira não Consideram como vendas de veículos, passagens aéreas e leilões virtuais.

Cerca de 17,6 milhões de consumidores brasileiros já haviam feito pelo menos uma compra pela internet ao final de 2009, segundo o levantamento, com crescimento de 33%. O número representa 26% dos internautas no Brasil, o que mostra, de acordo com uma consultoria, que ainda há muito espaço para crescer.

Desse total, 4,4 milhões Tiveram uma experiência de uma compra virtual pela primeira vez no ano passado, Dos quais 60% têm renda familiar até R $ 3.000.

Entre os motivos Aumento do faturamento não está a entrada das Casas Bahia, Em fevereiro de 2009, no mundo virtual. Com a chegada do VAREJISTA francês Carrefour ao comércio eletrônico neste mês, Todas presentes como grandes redes do país agora Oferecem aos clientes uma Possibilidade de compras pelo mundo virtual.

Empresas que tem já uma marca forte não podem Varejo atrair novos consumidores para o canal.

Livros, Revistas e Jornais ainda lideraram as vendas virtuais, com 20% do volume de pedidos no ano passado, seguidos de saúde, beleza e medicamentos (13%). Com a redução de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e eletrônicos para a linha branca, eletrodomésticos garantiram os POSIÇÃO uma terceira no ranking (11%), praticamente dobrando uma Participação No ano anterior, logo à frente de itens de informática (9%) (6%).

Entrega

No ano passado, 79% das entregas foram feitas dentro do prazo, com destaque negativo para o Nordeste (73%). O índice de atrasos foi maior na região, de acordo com um “E-bit”, pelo fato de a maioría dos Centros de Distribuição das Lojas Virtuais se concentrar no sudeste.

Entrega sem prazo é o principal fator de fidelização, seguido de atendimento ao cliente.

Para 2010, a previsão é movimentar R $ 13,6 bilhões, repetindo o ritmo de expansão registrado de 30% superior ao No ano passado. Ao final do primeiro semestre, a projeção da “E-bit” é que 19,8 milhões de pessoas tenham adquirido pelo menos um produto pela internet e, para dezembro, a previsão é que o número chegue a 23 milhões.

Destacamos que, embora uma participação das grandes vendas virtuais sem faturamento total das redes ainda seja pequeno, a internet está sendo cada vez mais usada na pré-compra de um produto. E onde o consumidor vai se informar, pesquisar, comparar.

O consumidor está aprendendo a usar a internet de um favor seu. A consulta ao preço de um item no mundo virtual, às vezes é feita em “Smartphones” Em meio à negociação com o vendedor em uma loja física.

A reclamação sobre um produto em redes, sociais como o “Facebook”, é outra arma que está sendo usada pelos clientes.

As redes de relacionamentos fazem a diferença, para o mundo virtual. Dependendo do número de seguidores de quem faz uma queixa, o VAREJISTA pode ter que se preocupar – e muito – com o alcance da propaganda negativa.

Publicidade
Publicado neste site por Dra. Valéria Reani

Texto Adaptado por Dra. Valéria Reani.

Fonte Folha On Line 16.03.2010

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Comments are closed.