Arquivos

Categorias

Home » Advocacia Preventiva, Comunicação Social, Destaques, Direito do Trabalho

Você sabe se comunicar no ambiente de trabalho?

22 junho 2011 No Comment

Aprenda como se comunicar direito no seu trabalho e pedir um aumento. Erros na hora de falar também podem prejudicar durante uma entrevista.

Confira algumas dicas de consultoria e não erre mais!
Pedir aumento
Seu chefe vai te dar aumento por quê? O que você fez diferente pra ele te dar aumento?
Você tem que chegar para ele e dizer que outras empresas estão pagando mais e ele vai te perder se não aumentar.
Tem várias fontes que podem ser consultadas para saber se o seu salário está defasado.
Os amigos também podem ser um bom parâmetro!
Não pode pedir um aumento apenas por achar que merece, ele tem que ser comparado a alguma faixa de mercado para saber se está em desacordo. Essa é uma grande justificativa, principalmente em uma economia
em crescimento como a nossa.
A verdade é que nunca  ninguém está satisfeito com o que ganha, todo mundo sempre quer ganhar mais.
Pode pedir também para assumir mais alguma responsabilidade que justifique o aumento de salário ou até questionar o chefe para ele dizer o que você poderia fazer para subir seu salário. É importante lembrar também que
tudo que você não gasta, você ganha.
A empresa pode oferecer pagar um curso ou uma ajuda no combustível no carro.
Entrevista
É importante que faça a maioria das questões que julgar importante para a função que irá realizar. Desde que não faça de maneira arrogante, pode perguntar.
Qual é o tamanho da empresa, a quem esse cargo se reporta, os benefícios, perguntar um pouco do que se espera do profissional nessa função. Aprofundar é muito importante,
pois o candidato acha que ele não pode perguntar.
Mas evite perguntas do tipo: como é o meu chefe, vocês dão aumento com que freqüência ou perguntas que coloquem o selecionador em uma posição mais difícil. Durante o processo você vai conhecer o chefe e a
estrutura salarial da empresa.
Nervosismo
Ficar nervoso é uma reação normal em entrevistas. O que pode fazer é tentar minimizar esse sentimento observando qual é a empresa, com quem irá falar, anotando em um caderno todas as questões que gostaria de perguntar. Quanto mais você controlar o seu lado, a tendência é ficar menos nervoso.
Perguntar o salário
Quem deve mencionar a remuneração é a empresa. Essa pergunta não deve partir de você. Começar a negociação falando a sua faixa atual, não o que deseja ganhar. Aí você diz o quanto imagina ganhar. Se estiver desempregado, na mesma faixa já é bom. Se estiver empregado, a empresa sabe que precisa dar um pouco a mais. Só que a oferta precisa vir da organização.
Estágio
A seleção é normalmente feita em algumas fases que difere de outros cargos. Ela começa com muitos candidatos e normalmente as fases são coletivas. Quem não se interessar, já nem precisa ir para a segunda fase. Nenhuma empresa está esperando que você tenha uma grande experiência, mas sim um interesse em trabalhar ali.
Promoção
Se a empresa acredita que você seja capaz de ocupar uma posição superior, o mais correto é começar com calma, falar com o chefe imediato, entender quais são as expectativas em relação ao profissional.
Fazer todo esse diagnóstico antes de sair trabalhando. Sempre tem a primeira vez  de ser chefe.
Transferência de cidade
É preciso analisar as vantagens e desvantagens de morar em um lugar e trabalhar em outro. Verificar custo de vida, a situação da família e o que isso vai mudar em sua vida. Sempre que se mudar para um mercado maior é mais fácil, pois tem uma oportunidade maior de se recolocar.
Pontos positivos e a melhorar
Tem que ser bem sincera. Não adianta passar características ruins como se fossem boas. Um bom entrevistador vai querer exemplos de situações onde precisou desenvolver esses pontos ou em que eles te atrapalharam. Se não forem sinceros, não terá como responder. Não adianta achar que não tem pontos a desenvolver. Quando você fala a verdade profissional, você pode falar dela o tempo que for necessário.
Retorno de entrevista
As empresas deveriam responder? Ou é preciso ligar para a empresa?

Após uma semana, você pode ligar ou mandar um e-mail para saber como está o  processo. Dependendo da resposta, pode fazer esse contato mais uma vez, em um prazo maior. Não pode exagerar nesse contato, pois muitas vezes o selecionador  não tem essa resposta.

Conversar com clientes
Uma coisa importantíssima é você se colocar no lugar do outro porque você vai entender melhor, sentir melhor o que ele está passando e poder transformar isso em palavras.
Fonte: Jornal Bom dia São Paulo/G1-Globo
Texto adaptado e publicado por Valéria Reani
Imagem pesquisa google

Comments are closed.